quarta-feira, dezembro 2, 2020

Seis coisas que você não deve fazer em reuniões 

As reuniões são talvez a ferramenta de marca pessoal mais poderosa que existe –quando você as domina. Em muitas empresas, elas também são a atividade que mais consome tempo no trabalho. Se você deseja construir uma boa reputação organizacional, concentre-se nas reuniões. Veja algumas dicas do que não fazer em uma reunião profissional: 

  1. Participar totalmente despreparado. Quando você sempre aparece nas reuniões sem se preparar, é natural que os outros participantes julguem essa atitude como um sinal de falta de interesse, ou de que você não se importa com a qualidade. Para se preparar para uma reunião de maneira eficiente, faça as seguintes perguntas: “Qual é a mensagem principal que eu quero comunicar?” – “Quem está participando e o que eu quero que eles saibam, pensem, sintam ou façam?”
  1. Chegar atrasado. Você pode pensar que chegar atrasado nas reuniões faz com que você pareça ser muito ocupado. Na verdade, o que parece é que você não consegue gerenciar sua agenda – ou pior, que esta reunião não é tão importante para você. Ou pior ainda, que você gosta de se exibir,fazendo as pessoas esperarem pela entrada triunfal. Chegue a tempo, pronto para causar impacto por sua participação na reunião.
  1. Saia do celular e do notebook. Algumas pessoas têm o péssimo hábito de só prestar atenção nas reuniões quando o assunto está relacionado à sua área de interesse. Quando o tema sai do radar, o celular e o laptop entram em ação. Infelizmente essa é uma forma de dizer aos outros que você não acha que as outras pessoas sejam importantes, e que você não está interessado no que os outros têm a dizer. Deixe seu notebook e celular de lado e comprometa-se a estar envolvido durante toda a reunião. 

4. Adotar uma má postura corporal. Quando você se senta, mostra às pessoas que está envolvido e interessado. Mas ao adotar uma postura “escorregando” na cadeira, ou bocejando, aponta para os outros que você está entediado. A boa postura causa boa impressão, e é disso que trata a marca pessoal. 

5.Começar uma conversa paralela. Não tem nada pior do que manter uma conversa paralela em uma reunião quando alguém estiver falando. Se você tem algum comentário adicional a fazer, faça para que todos ouçam. Se é algo privado, faça após a reunião.  

  1. Interromper outra pessoa enquanto ela estiver falando. Se você tem um ponto de vista ou uma observação diferente do interlocutor, aguarde o final da comunicação para poder falar. Não interrompa o seu colega na reunião, e exponha seu ponto de vista na hora certa, de forma respeitosa e cordial.

Reuniões podem ser difíceis e chatas. Algumas pessoas são faladoras prolixas e lentas. Algumas pessoas têm problemas para se comunicar com clareza. Seja gentil. Toda vez que você tiver a chance de apoiar alguém, aproveite! Estas posturas contribuem para a boa marca de liderança que você quer construir. 

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Como a LGPD vai levar o RH a uma segunda onda da digitalização

Salvo alguma mudança de última hora – uma proposta de adiamento está em tramitação na Câmara dos Deputados – faltam menos de seis meses...

Cinco hábitos de pessoas malsucedidas – que você pode evitar

O sucesso não é copiar os hábitos de outras pessoas ou seguir um caminho baseado em receitas de autoajuda. A maneira mais...

Solitários, esgotados e deprimidos: o estado da saúde mental dos Millennials

A “Business Insider” analisou o estado de saúde mental da geração Millenial – pessoas com idade entre 23 a 38 anos em...

Conheça seis comportamentos que podem atrapalhar a sua carreira

Fortes habilidades sociais e inteligência emocional são mais necessárias agora do que nunca. Na medida em que as organizações se conscientizam da...

Chefe e colegas de trabalho narcisistas? Aprenda a lidar com eles

Você sabe reconhecer um narcisista? Pessoas com este traço de personalidade costumam dificultar o seu dia a dia e, se forem tolerados e recompensados,...

Esqueça o carisma: entenda por que líderes humildes são bem-sucedidos

Existe um paradigma no mundo dos negócios que diz que os CEOs de sucesso são ambiciosos, orientados a resultados, individualistas e, acima de tudo,...

A discriminação dos candidatos por meio de testes de seleção

Nos últimos tempos, nunca foi tão alto volume do som das acusações e críticas contra os vários tipos de discriminação: racismo, homofobia e outros,...

Considerando uma mudança de carreira? Então leia esse post

Muitas vezes, uma mudança de carreira parece uma transformação glamourosa - uma imagem blasé do “antes” transformada em um belo “depois” em uma revista...