quarta-feira, abril 21, 2021

Saiba como gerenciar um narcisista

Geralmente, parece que a tendência narcisista é pré-requisito para alcançar melhores posições na carreira. Pessoas narcisistas costumam ser carismáticas e hábeis políticas, o que as ajuda a subir dentro das empresas. Porém, apesar de sua ambição ser eficaz para crescer nas organizações, o comportamento narcisista excessivo pode causar estragos e levar à ruptura organizacional.

Os narcisistas sempre lutam para vencer, custe o que custar. Eles se veem como “especiais” e querem se associar apenas a outros indivíduos “especiais” e de status elevado. Essas pessoas também se arrogam o direito de condições especiais. Portanto, quando não recebem o tratamento que acham que merecem, tornam-se impacientes e ficam irritadas.

Também é difícil para esses indivíduos reconhecerem ou identificarem os sentimentos e as necessidades dos outros. A empatia do narcisista não vem naturalmente. Essas e outras características, como a dificuldade em lidar com críticas, criam uma série de desafios para aqueles que precisam gerenciar indivíduos talentosos, porém, narcisistas.

Saiba o que os gestores podem fazer ao lidar com o narcisismo dentro de suas equipes:

Crie um forte senso de coesão grupal

No ambiente de grupo, os comportamentos disfuncionais ficam mais visíveis, questionáveis e menos aceitáveis.

Os narcisistas são péssimos ouvintes e adoram monopolizar a conversa em qualquer assunto. Logo que o grupo percebe esse tipo de comportamento, seus membros pressionam o narcisista para que ele se adapte às normas da equipe.

Não importa o quanto o narcisista seja talentoso. Seu comportamento logo fará com que ele seja considerado um incômodo. Assim, são os próprios colegas de trabalho que vão adotar o papel de encorajá-lo a ouvir e desenvolver empatia em relação aos outros.

Estimule os feedbacks dos colegas

Para os narcisistas, muitas vezes, é menos ameaçador receber feedback dos colegas do que de uma única pessoa ou de seu chefe. É mais difícil ignorar o feedback de muitas pessoas do que o de um único indivíduo.

Ao incentivar e dar suporte aos feedbacks da equipe, os gestores permitem que a visão que o narcisista tem de si mesmo seja explicitada e desafiada para, poder então ser modificada.

Não confronte o narcisista diretamente

Em vez de confrontar o narcisista diretamente, os líderes podem obter resultados mais efetivos dando suporte ao feedback dos membros da equipe. Ao fazer isso, o gestor dá poder ao time para não aceitar a maneira como o narcisista se comporta, fazendo com que ele perceba que não precisa ser sempre a pessoa mais esperta do grupo.

Lidar com narcisistas é sempre um desafio. Algumas dessas pessoas podem ser incapazes de tolerar a pressão do grupo e aceitar o feedback dos colegas, e poderão pedir demissão. Porém, a maior preocupação do gestor não deve ser a perda de um narcisista talentoso, mas a perda dos outros membros do time, devido ao cansaço por terem de lidar com um(a) narcisista todos os dias.

Quer saber mais sobre o impacto do narcisismo nas empresas? Baixe o e-book da Hogan Brasil e da Ateliê RH A Ascensão do narcisismo nas organizações.

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas