quarta-feira, julho 8, 2020

Por que contratar indivíduos com base na inteligência emocional?

Muitos acreditam que inteligência emocional é apenas uma palavra da moda. No entanto, cada vez mais empresários e empregadores reconhecem que contratar profissionais com base nesse critério pode ajudar suas organizações de maneira muito positiva, permitindo que todos cresçam mais rapidamente em comparação com as organizações que não possuem esse tipo de profissional.

Inteligência emocional é uma habilidade inata e os candidatos que possuem são muitos observadores e descritivos. Um indivíduo que tenha inteligência emocional tem a capacidade para argumentar de maneira coerente, explicar atividades com clareza e os impactos de cada decisão nos resultados da organização. Confira razões que justificam a contratação de indivíduos com base em sua inteligência emocional:

  1. Eles se tornam ótimos líderes

Profissionais com inteligência emocional investem em seu sucesso profissional e atraem outros que desejam assumir essa postura. Eles se sobressaem nas interações humanas, se adaptam no ambiente de trabalho de acordo com as diferentes personalidades e indivíduos, além de demonstrar humildade – todas as características de um ótimo líder. Pessoas emocionalmente inteligentes são autoconscientes e entendem o que os motiva. São ótimos ouvintes, eficientes em resolver problemas e são colaborativos.

  1. Eles são ótimos em resolver problemas

Independentemente do contato com clientes ou com os colegas de trabalho, pessoas com inteligência emocional possuem a capacidade para mostrar empatia com as pessoas em qualquer situação. Seja um cliente ou um subordinado que esteja com uma performance abaixo do esperado, as pessoas emocionalmente inteligentes têm a habilidade para entender o problema, dialogar com quem está envolvido em uma determinada situação e elaborar a solução correta rapidamente.

  1. Eles são curiosos

Pessoas com alto grau de IE (inteligência emocional), são constantemente curiosas sobre os outros – eles desejam aprender mais sobre o que acontece com as pessoas e essa atitude é fundamental para os negócios. Profissionais curiosos no ambiente de trabalho irão investir mais tempo em conhecer os funcionários e clientes – não porque que eles devem fazer isso, mas porque eles querem.

Com Fast Company

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Como a LGPD vai levar o RH a uma segunda onda da digitalização

Salvo alguma mudança de última hora – uma proposta de adiamento está em tramitação na Câmara dos Deputados – faltam menos de seis meses...

Cinco hábitos de pessoas malsucedidas – que você pode evitar

O sucesso não é copiar os hábitos de outras pessoas ou seguir um caminho baseado em receitas de autoajuda. A maneira mais...

Solitários, esgotados e deprimidos: o estado da saúde mental dos Millennials

A “Business Insider” analisou o estado de saúde mental da geração Millenial – pessoas com idade entre 23 a 38 anos em...

Conheça seis comportamentos que podem atrapalhar a sua carreira

Fortes habilidades sociais e inteligência emocional são mais necessárias agora do que nunca. Na medida em que as organizações se conscientizam da...

Chefe e colegas de trabalho narcisistas? Aprenda a lidar com eles

Você sabe reconhecer um narcisista? Pessoas com este traço de personalidade costumam dificultar o seu dia a dia e, se forem tolerados e recompensados,...

Esqueça o carisma: entenda por que líderes humildes são bem-sucedidos

Existe um paradigma no mundo dos negócios que diz que os CEOs de sucesso são ambiciosos, orientados a resultados, individualistas e, acima de tudo,...

A discriminação dos candidatos por meio de testes de seleção

Nos últimos tempos, nunca foi tão alto volume do som das acusações e críticas contra os vários tipos de discriminação: racismo, homofobia e outros,...

Considerando uma mudança de carreira? Então leia esse post

Muitas vezes, uma mudança de carreira parece uma transformação glamourosa - uma imagem blasé do “antes” transformada em um belo “depois” em uma revista...